Câmara Municipal de Três Pontas - MG
Bem vindo à nossa nova plataforma!

COMUNICADO DA CÂMARA MUNICIPAL DE TRÊS PONTAS

ATENDIMENTO DE VEREADORES AO PÚBLICO PODERÁ SER FEITO SOB AGENDAMENTO PELO TELEFONE: 3265-2477.

Compartilhar:
Publicado em 19/03/2020
Por Assessoria de Imprensa

A Câmara Municipal de Três Pontas realiza medidas preventivas contra o coronavírus.

 

Em decorrência da alta propagação do coronavírus (Covid-19) e as orientações divulgadas pelas autoridades em saúde pública, a Câmara Municipal de Três Pontas anunciou uma série de medidas preventivas para minimizar os riscos de contágio, com a restrição do atendimento do público externo e de atividades com aglomeração de pessoas. As sessões plenárias estão sendo realizadas de forma restrita com a presença apenas de vereadores, servidores e imprensa. Para que a população continue acompanhando os trabalhos do Legislativo, as notícias poderão ser acessadas pelo site da Câmara (www.camaratrespontas.mg.gov.br), assim como as sessões plenárias que são transmitidas em tempo real todas as segundas-feiras, com início às 18h30.

Apesar da prestação de serviços estar suspensa temporariamente para os moradores, a Câmara Municipal continua funcionando internamente, com protocolo de documentos e atendimentos via telefone. Aquele que desejar fazer contato com algum de nossos vereadores, deverão ligar no telefone 3265-2477 que será prontamente atendido, com agendamento de dia e horário para o atendimento, o qual se dará devidamente acompanhado do vereador solicitado.

Além disso, a Casa Legislativa já iniciou um reforço na higienização do local, com a disponibilização de pontos de álcool-gel, e está orientando todos os seus servidores sobre as medidas preventivas.

As medidas restritivas não vão interferir no andamento dos trabalhos legislativos e todos os prazos nos trâmites dos projetos permanecem inalterados. A Câmara adotará esses protocolos preventivos por tempo indeterminado, enquanto houver risco de propagação do vírus que são medidas até então paliativas se comparadas aquelas já adotadas por diversas Câmaras Municipais da região e também pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais que anunciaram medidas mais efetivas, tais como, evitar a aglomeração de pessoas em sua sede com restrição de atendimento ao público.