Notícias e Informativos

Câmara celebra Semana Municipal do Idoso com homenagens em Plenário

  • Fonte: Assessoria de Imprensa
  • Publicado em: 08/10/2019

A sessão ordinária da Câmara de segunda-feira, 7 de outubro contou com cinco proposituras na pauta de votação e homenagens alusivas à Semana Municipal do Idoso, Lei sancionada em 2017 e de autoria do vereador Luis Carlos da Silva e Dia Internacional do Idoso.  Em dois Projetos de abertura de crédito, 087 e 088, sob pedido do vereador Erik dos Reis Roberto, foram suprimidos o artigo 5º em ambos e todos foram aprovados pelo Plenário. Após a votação, o presidente Maycon Machado suspendeu a reunião para que houvesse a solenidade em homenagem aos idosos. Foram no total três personalidades de nossa comunidade agraciadas: Ilda Chaves Miranda Reis, indicada pelo Executivo Municipal; José Gonçalves (Bangu da gráfica) indicado pela Mesa Diretora da Câmara e Nahir Capelli Machado, indicada pelo Centro de Convivência dos Idosos.

Os homenageados ocuparam as cadeiras colocadas no centro do plenário e foram acompanhados na plateia por familiares e amigos. Ilda Chaves Miranda Reis nasceu em 16 de janeiro de 1925 em Três Pontas, filha de Braulino Ramos de Figueiredo e Maria Chaves de Figueiredo e teve sete irmãos: Irene, Indalma, Inês, Isabel, Ivone, Antônio e João. Sua infância foi na Fazenda Caxambu, onde iniciou seus estudos. Mais tarde veio para a cidade para o internato da Dona Ruth, na Escola Coração de Jesus, onde formou-se no Magistério. Casou-se com Sebastião Garcia Reis e teve quatro filhos: Marialba, Marcos, Marilena e Marcelo e uma filha do coração, Aceli. Infelizmente ficou viúva muito nova. Sempre ajudou seus familiares e começou cedo sua jornada como voluntária em entidades trespontanas como APAE, hospital e nas obras da Paróquia. Sua vida sempre foi movida pela fé, humildade e colaboração.

José Gonçalves (Bangu da gráfica) nasceu em 1930 na colônia da Fazenda Córrego das Pedras em Três Pontas. Seu pai Joaquim Gonçalves trabalhava na Fazenda Boa Vista que ficava ao lado e sua mãe, Júlia de Brito, foi criada pela esposa do Sr. Zaroca, a senhora Maria Adelindes de Brito. Bangu é o caçula de oito irmãos e o único vivo. Quando o seu pai ficou doente, se mudaram pra cidade e passaram muitas dificuldades e o pai foi internado na Vila Vicentina com 74 anos de idade. Bangu estudou no Cônego Vitor e Ginásio São Luiz. Bangu aprendeu o ofício com Luiz Brito e começou na tipografia da família Veloso trabalhando ali até fechar em 1972. Depois de algum tempo decidiu abrir sua própria tipografia (gráfica) e o investimento era alto e precisou contar com a ajuda de amigos como José Luiz Amaral e Mauro Paiva que foram seus avalista na época.  Montada a gráfica começou a conquistar clientes com a qualidade e competência. Hoje aposentado, se dedica à família e esbanja sabedoria e experiência, sendo exemplo para todos de dignidade e pai de família. Bangú da Gráfica hoje é conhecidíssimo em Três Pontas e tem o respeito de todos.

Nahir Capelli Machado é uma mulher forte, descendente de italianos, nasceu em 1926 na cidade de Promissão no interior de São Paulo. Viveu a infância o lado dos pais e seis irmãos. Casou-se em 1943 aos 17 anos e desta união nasceram 4 filhos. Ficou casada por 40 anos até ficar viúva. Sempre gostou de trabalhar com costura e pintura em tecido. Sua diversão é jogo de cartas de baralho e cultivo de plantas. Nos anos 90 mudou-se para Minas Gerais, onde parte de sua família já residia e foi assim que adotou Três Pontas como seu novo lar. Ao todo Nahir tem 6 netos, 11 bisnetos e 2 tataranetos. Hoje aos 93 anos, esbanja saúde, alegria e otimismo por onde passa.

 

Votação da noite

 

 

 PROJETO DE LEI Nº 086, DE 03 DE SETEMBRO DE 2019

A presente proposição tem por finalidade abrir crédito adicional suplementar no valor de R$355.000,00 (trezentos e cinquenta e cinco mil reais), de acordo com o art. 43, §1º, inciso III da Lei Federal 4.320/64. A abertura de crédito adicional especial que se pretende abrir será mediante a anulação de dotação do orçamento vigente no valor de R$355.000,00 (trezentos cinquenta cinco mil reais), conforme art. 43, §1º, inciso III da Lei Federal nº 4.320/64, tendo por finalidade suplementar dotações orçamentárias da Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Educação para manutenção das despesas de folha de pagamento dos servidores municipais. O Projeto de Lei encontra-se instruído do relatório de impacto orçamentário e financeiro expedido pelo setor contábil da Prefeitura Municipal.

PROJETO DE LEI Nº 087, DE 19 DE SETEMBRO DE 2019

 

A presente proposição tem por finalidade abrir crédito adicional suplementar no orçamento da Autarquia SAAE no valor de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) mediante a utilização do superávit financeiro apurado no Balanço Patrimonial de 2018, disponível na conta bancária da Caixa Econômica Federal 0157, Poupança, Conta 17.711-0, para custear despesas no sistema de água com outros serviços de terceiros – pessoa jurídica referente ao pagamento de energia elétrica utilizada no processo de tratamento de água para consumo humano. A pretensa abertura do crédito adicional suplementar encontra respaldo legal na Lei Federal nº 4.320/64. O Projeto de Lei encontra-se instruído do relatório de impacto orçamentário e financeiro exarado pelo setor contábil do SAAE, em atendimento à legislação financeira.

PROJETO DE LEI Nº 088, DE 19 DE SETEMBRO DE 2019

A presente proposição tem por finalidade abrir crédito adicional especial no orçamento da Autarquia SAAE no valor de R$ 113.864,00 (cento e treze mil, oitocentos e sessenta e quatro reais) mediante anulação de dotações do orçamento vigente visando o custeio de despesas na administração geral com “Obrigações Patronais” e “Obrigações Tributárias e contributivas”; no Sistema de Esgoto custear despesas com “Vencimentos e Vantagens Fixas – Pessoal Civil”, “Obrigações Patronais” e “Passagens e Despesas com Locomoção”; no Sistema de Água custear despesas com “Outras Despesas Variáveis – Pessoal Civil”, “Obrigações Patronais” e “Diárias – Pessoal Civil”. O Projeto de Lei encontra-se instruído do relatório de impacto orçamentário e financeiro exarado pelo setor contábil do SAAE, em atendimento à legislação financeira.

PROJETO DE LEI Nº 011, DE 12 DE SETEMBRO DE 2019

Iniciativa: Vereador Donizetti Benício Baldansi.

A presente proposição tem por finalidade denominar “Rua João Cândido da Cruz, a Rua 07 situada no bairro Residencial Nova Três Pontas que tem seu início na Avenida Professora Maria Rogéria de Mesquita e término na Rua 01 do bairro Residencial Nova Três Pontas, neste Município.

PROJETO DE LEI Nº 012, DE 12 DE SETEMBRO DE 2019

Iniciativa: Vereador Donizetti Benício Baldansi.

A presente proposição tem por finalidade denominar “Rua Vitor Cândido Rabêlo, a Rua 06 situada no bairro Residencial Nova Três Pontas que tem seu início na Avenida Professora Maria Rogéria de Mesquita e término na Rua 01 do bairro Residencial Nova Três Pontas, neste Município.