Notícias e Informativos

Projeto aprovado libera recursos para as Fanfarras do Município

  • Fonte: Assessoria de Imprensa
  • Publicado em: 06/06/2019
  • Assunto: Sessão Ordinária

A sessão de segunda-feira, 3 de junho, começou com um pedido do vereador Erik dos Reis Roberto. Ele solicitou ao presidente Maycon Machado, a retirada do primeiro item da pauta de votação, justamente o Projeto de Lei nº 044, de 14 de maio de 2019, que tem por finalidade abrir crédito especial para a construção da sede do IPREV, no terreno de 834,50m², localizado em Três Pontas, na Rua Waldemar Nunes Bitencourt, matriculado no CRI de nº 28.448, realizado pela Lei Municipal nº 4.407, de 18 de dezembro de 2018, aprovado por essa Egrégia Câmara Municipal. O vereador Erik foi atendido e a proposta retirada da votação. Já as proposituras seguintes foram aprovadas por unanimidade.

Projeto de Lei nº 045, de 16 de maio de 2019, a proposição tem por finalidade enriquecer a formação o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Sustentável – CONDES de Três Pontas, com a inclusão de mais um membro indicado por cooperativa agropecuária de produtores estabelecida no Município de Três Pontas-MG.

Projeto de Lei nº 046, de 17 de maio de 2019 que permite ao Município a realização de repasse através de auxílio financeiro às Fanfarras que demonstraram interesse junto à Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Turismo, visando, respectivamente, a realização do desfile de comemoração do aniversário de Emancipação Político Administrativo do Município de Três Pontas no dia 03 de julho de 2019. O valor do auxílio é de R$ 1.500,00 para cada Fanfarra.  

 

Pequeno Expediente:

 

Vereador Erik Roberto: Cobrou em plenário prestação de contas da Associação Comercial de Três Pontas a respeito da contratação de uma pessoa especializada para que fizesse um estudo/levantamento sobre o município. Essa contratação se deu através do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Sustentável de Três Pontas e passou por aprovação da Câmara. O vereador pediu que a Associação Comercial respondesse em 15 dias, ou que seja marcada uma reunião com os vereadores e a diretoria da mesma para obter mais informações.

 Antônio do Lázaro: o vereador manifestou sua alegria pela inclusão de Três Pontas e o Quilombo Nossa Senhora do Rosário no programa “Comunica mais Minas”, que disponibilizará antenas de telefonia para bairros que ainda não a possuem, incluindo o Quilombo e o Bairro Cidade Jardim. As solicitações foram feitas por ele e pelo vereador Luiz Flávio Floriano.

Coelho do Bar: o vereador cobrou obras e limpeza em várias ruas da cidade e pediu providências ao SAAE quanto a um problema no Bairro Meia Pataca. Coelho voltou a dizer que o prefeito precisa trabalhar para a população e que a secretaria de Assistência Social não tem ajudado quem mais precisa. Coelho pediu ofício para cobrar mais atenção dos servidores da Assistência para com as pessoas que procuram o local.

Roberto Cardoso: o parlamentar usou a tribuna para falar a respeito de uma ação judicial movida contra ele pelo prefeito Marcelo Chaves. Robertinho afirma que tem as provas sobre o que afirmou a respeito de um serviço feito na zona rural em desconformidade com a responsabilidade do serviço público. Contudo, o vereador pediu que seja enviado Requerimento ao prefeito, requerendo cópias de todos os boletins diárias das máquinas e caminhões da Prefeitura, com informações sobre abastecimento e local, serviço feito, deslocamento e etc., de janeiro de 2017 até agora em 2019.

Luis Carlos da Silva: já o ex-presidente da Casa, desabafou na tribuna sobre as pessoas que fazem constantemente denúncias anônimas. Luizinho se diz decepcionado, pois se trata de uma pessoa “sem vergonha” que usa o anonimato pra se esconder atrás de calúnias. Ao mesmo tempo, o vereador agradeceu às manifestações de carinho que tem recebido pelos amigos, vereadores e destacou que o trabalho como vereador é realizado pensando na população e naquilo que for melhor para a cidade.

Maycon Machado: o presidente da Câmara foi à tribuna e endossou as palavras de Luizinho. Ao mesmo tempo, parabenizou a secretaria de Cultura pela realização da Feira literária e disse estar satisfeito porque segundo o secretário da pasta, Alex Tiso, a ideia de trazer a feira partiu de um Projeto aprovado e de autoria de Maycon, instituindo a Semana municipal do Livro. O vereador também cumprimentou os formandos do Polo E-tec de Três Pontas e sua diretora, Cristiane Marchetti pela formatura na cidade de Muzambinho. Ele também parabenizou a Assembleia de Minas pela realização em Varginha, da Audiência Pública sobre a Pessoa com Deficiência e à convite do Bruno Máximo, Bruno Ceguinho, participou do evento acompanhado da vereadora Marlene Lima e do assessor jurídico da Câmara, Marcelo Braga.